O dia 1º de maio é considerado o “Dia do Trabalho” ou “Dia do Trabalhador”. Essa data foi escolhida em homenagem aos trabalhadores dos Estados Unidos que foram, no ano de 1886, às ruas para pedir redução da carga horária máxima de trabalho diário. No Brasil, essa menção ao dia 1º de maio é desde 1890. Vários movimentos e greves de trabalhadores foram formadas. Em outros países como América do Sul, México, quase toda a Europa Ocidental, Rússia, Índia e China essa data também é considerada feriado onde os trabalhadores descansam e outros fazem manifestações.


Uma conquista foi a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) que foi decretada em 01 de maio de 1943 e busca regulamentar as relações de trabalho, coibindo relações abusivas ao garantir condições mínimas de dignidade.


Mesmo com várias melhorias ainda nos deparamos com situações de escravidão moderna geradas pela pobreza, falta de oportunidades, discriminação de gênero, xenofobia que aumentam a vulnerabilidade das pessoas fazendo com que elas se submetam a condições de trabalhos inadequadas, além de ainda termos cenários de jornadas de trabalho superiores ao previsto na CLT, sem alimentação, sem equipamentos de proteção e iluminação adequadas e que comprometem a vida digna e segurança do trabalhador.

O dia 1º é um momento de reflexão do que ainda se tem a conquistar e a garantir direitos.

Últimas Publicações

Developed in conjunction with Ext-Joom.com